Banc rio relata caso de ass‚dio moral

(São Paulo) Após ler uma notícia sobre um caso de assédio moral no site da Contraf-CUT, um bancário do Banespa enviou um e-mail para a redação contando uma “história mais absurda” que ele presenciou.

 

O caso de assédio moral ocorreu em Lages, cidade situada no planalto serrano de Santa Catarina. “Após a privatização, o Banespa ficou cada vez mais intragável”, comenta.

 

Segundo o relato, o gerente da agência Lages resolveu criar uma premiação paras os funcionários que se destacassem no cumprimento das metas. O vencedor receberia um troféu “Leão” para exibi-lo em sua mesa. Mas o funcionário que tivesse o pior desempenho receberia o troféu “Lesma”, que também deveria ficar exposto na sua mesa ou na baia de caixa.

 

“Esta premiação era feita em reunião geral com a presença de todos. Ele fez isso por três meses até que chegou ao conhecimento de nosso Sindicato, que tomou as providências via regional, e o absurdo parou. Ele chegou a premiar uma funcionária terceirizada com o “Lesma”. Infelizmente, o nível de incompetência e despreparo desses “administradores” deixam os funcionários acuados e pasmos com essas atitudes”, finaliza o bancário.

 

Fonte: Contraf-CUT

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram