Sindicato de Cornélio Procópio critica a reestruturação na Caixa, em Dia de Luta

Nesta terça-feira (12), Dia Nacional de Luta dos Empregados da Caixa Econômica Federal, o Sindicato dos Bancários de Cornélio Procópio realizou manifestação na principal agência do banco na base territorial da entidade contra a reestruturação imposta pela diretoria.

Elizeu Marcos Galvão, diretor do Sindicato de Cornélio Procópio, destacou que durante a atividade foi feito contato com clientes e usuários para explicar os motivos do protesto e, em reunião com os empregados, foi ressaltada a importância do engajamento de todos para impedir corte de direitos e fechamento de unidades. “A direção da Caixa está se mostrando intransigente, pois primeiro lançou esse processo sem ao menos dialogar com o movimento sindical e também por não ter respondido ao ofício protocolado pela Contraf-CUT e a Fenae para negociar a suspensão dessa reestruturação ou, quem sabe, mudanças nas medidas que estão sendo tomadas”, argumentou.

Na reunião, o Sindicato distribuiu material aos empregados criticando o terror que está sendo implantado nas agências, gerando insegurança no pessoal das áreas-meio, muita pressão e aumento dos casos de assédio moral.

“Nossa luta é para que a Caixa continue cumprido seu papel, de agente do desenvolvimento do país, e que contrate mais funcionários para melhorar o atendimento à população e ao mesmo tempo reduzir a enorme sobrecarga de trabalho existente hoje nas unidades”, ressaltou Elizeu.

 

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram