Agência do Bradesco de Campo Limpo fica fechada após crime ocorrido nesta quinta (21)

Após reivindicação do Sindicato junto à direção do Bradesco, ficou decidido que a agência do Bradesco de Campo Limpo Paulista permanecesse fechada durante toda essa sexta-feira (22) por conta do crime ocorrido na tarde de ontem (21), com o assassinato de um comerciante baleado por um bandido por volta das 17 horas. As causas ainda estão sendo investigadas.

De acordo com o secretário geral do Sindicato, Douglas Yamagata, o importante agora é o Sindicato e o banco se atentarem ao estado emocional dos funcionários. “Abrir a agência seria mais um motivo de stress para os funcionários que passaram por momentos de terror e tendo que lidar com o público que, certamente vai querer saber da ocorrência”, disse.

Yamagata lembra que há tempos o Sindicato tem reivindicado aos bancos a instalação da porta giratória antes do hall de autoatendimento. ‘’Essa é uma medida que poderia ter evitado o homicídio dentro da agência’’.

Em novembro de 2018, a diretoria do Sindicato conseguiu adiar a votação do projeto que dispensa portas de segurança nas agências bancárias de Jundiaí. ‘’Por meio de abaixo-assinado, mensagens e conversa direta com os vereadores, o projeto foi adiado para o dia 14 de maio de 2019 e, antes disso,  a Câmara deve realizar audiência pública para ouvir a opinião dos trabalhadores e da sociedade’’, esclarece o secretário geral.

Portas de segurança já reduziram assaltos em 88,6%

De acordo com a Febraban, houve redução de 88,6% nos assaltos ocorridos em agências desde o ano 2000 com adesão da maioria dos municípios à instalação das portas giratórias. Em Jundiaí os números também comprovam que depois da instalação das portas, em lei municipal de 1996, de autoria do vereador Mauro Menuchi, houve redução no número de crimes e, principalmente, de mortes no ambiente bancário, algo comum antes. Em 2014, Paulo Malerba, quando vereador, ajudou a aprimorar a lei, ampliando a colocação para áreas de atendimento ao público. Segundo ele, a retirada das portas pode estimular a migração dos assaltos à luz do dia, e os assaltos em caixas eletrônicos, que costumam ocorrer de madrugada, podem se transformar em roubos durante o expediente.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram