22º Boletim da Cassi destaca o Programa de Assistência às Vítimas de Assaltos e Sequestros

O Programa de Assistência às vítimas de Assaltos e Sequestros (PAVAS ) foi instituído pelo Banco do Brasil com a finalidade de prestar apoio médico, psicológico, jurídico e de segurança à população vitimada nestas ocorrências praticadas contra o patrimônio do Banco e seus trabalhadores. O 22º boletim 'Prestando Contas' Cassi mostra a mostra a importância das parcerias entre a Cassi e o Banco do Brasil em relação à saúde dos trabalhadores.

A caracterização da ocorrência e o estabelecimento de seu vínculo com o patrimônio do Banco é realizada pelas Divisões Avançadas de Segurança – DAV, que aciona a GEPES, que por sua vez aciona a Cassi. O prazo estabelecido no convênio para o atendimento pela Cassi é de até 24 horas nas capitais e até 48 horas no interior.

O 22º boletim 'Prestando Contas' Cassi está disponível em PDF na seção Publicações do site da Contraf-CUT para que os sindicatos e federações possam imprimir e distribuir nas suas bases.

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram